If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se estiveres protegido por um filtro da Web, certifica-te de que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal

Revisão de evolução e seleção natural

Palavras-chave

TermoDefinição
EvoluçãoProcesso através do qual os organismos atuais se desenvolveram a partir de organismos ancestrais ao longo do tempo
Ancestral comumUm ancestral partilhado por duas ou mais espécies descendentes
Seleção naturalMecanismo evolutivo no qual os indivíduos melhor adaptados ao seu ambiente sobrevivem e reproduzem-se com mais sucesso
VariaçãoDiferença entre características em indivíduos da mesma espécie
AdaptaçãoUma característica que melhora a capacidade de sobrevivência e de reprodução de um organismo num determinado ambiente
AptidãoA capacidade de um organismo sobreviver e de se reproduzir num determinado ambiente
Seleção artificialReprodução seletiva de organismos para promover o aparecimento de características desejáveis na descendência
Desvio genéticoUm mecanismo de evolução em que a frequência dos alelos de uma população muda ao longo das gerações de forma aleatória

Teoria da evolução de Darwin

Charles Darwin desenvolveu uma teoria da evolução para explicar a unidade e diversidade da vida, baseada na ideia de ancestrais comuns partilhados.

Seleção natural

A teoria de Darwin baseava-se no mecanismo da seleção natural que explica como é que as populações podem evoluir, de forma a tornarem-se melhor adaptadas ao seu ambiente, ao longo do tempo.
Seleção natural a atuar numa população de ratos ao longo do tempo.
Os indivíduos apresentam variações nas suas características hereditárias. Algumas variações fazem com que um indivíduo esteja melhor adaptado para sobreviver e se reproduzir no seu ambiente.
Se isto continua ao longo de gerações, estas adaptações favoráveis (as características hereditárias que ajudam à sobrevivência e reprodução) irão tornar-se cada vez mais comuns na população.
A população irá não só evoluir (alteração no seu património genético e traços hereditários), mas também irá evoluir de forma a tornar-se adaptada, ou mais adequada, ao seu ambiente.

Seleção artificial

Existem outros tipos de seleção, para além da seleção natural.
A seleção artificial, também chamada "reprodução seletiva", ocorre quando os humanos selecionam as características desejáveis em produtos agrícolas ou em animais, em vez de permitirem a evolução e mudança gradual das espécies sem a interferência humana, tal como ocorre na seleção natural.
A criação de cães é um exemplo perfeito de como os humanos selecionam as características desejáveis ou na moda. Os criadores cruzam deliberadamente progenitores com a esperança de obter descendência com características específicas (como a cor, o tamanho, a forma das orelhas, o comprimento do focinho, entre outras).

Erros e equívocos habituais

  • Evolução não é o mesmo que adaptação ou seleção natural. A seleção natural é um mecanismo, ou causa, de evolução. As adaptações são características físicas ou comportamentais que tornam um organismo melhor adaptado ao seu ambiente.
  • Variação hereditária surge de mutações aleatórias. As mutações aleatórias são a causa inicial de novas características hereditárias. Por exemplo, um coelho não consegue escolher ter uma cor de pelo diferente. É uma mutação genética que causa esta mudança de cor do pelo, o que pode ajudar o coelho a esconder-se melhor no seu ambiente.
  • A seleção natural atua sobre uma variação hereditária existente. A seleção natural precisa de matéria-prima e essa matéria-prima é a variação hereditária. Para que a seleção natural possa atuar numa característica, tem que existir já variação e essa variação deve ser capaz de ser transmitida à descendência.
  • A seleção natural depende do ambiente. A seleção natural não favorece as características que sejam de algum modo intrinsecamente superiores. Em vez disso, favorece os traços que são benéfico num determinado ambiente. As características que são úteis num ambiente podem ser prejudiciais noutro.

Queres participar na conversa?

Ainda não há comentários.
Sabes inglês? Clica aqui para veres mais debates na versão inglesa do site da Khan Academy.