As tabelas de dupla entrada organizam dados com base em duas variáveis qualitativas.

Tabelas de dupla entrada com frequências absolutas

As tabelas de dupla entrada com frequências absolutas mostram quantos pontos do conjunto de dados se encaixam em cada categoria.
Aqui está um exemplo:
PreferênciaRapazRapariga
Prefere cães36362222
Prefere gatos882626
Não tem preferência2266
As colunas da tabela indicam se o aluno é um rapaz ou uma rapariga. As linhas da tabela indicam se o aluno prefere cães, gatos, ou se não tem preferência.
Cada entrada da tabela contém o número (ou frequência absoluta) de alunos. Por exemplo, o número 3636 está na coluna "rapaz" e na linha "prefere cães". Isto indica que há 3636 rapazes que preferem cães neste conjunto de dados.
Repara que há duas variáveis—género e preferência—é daí que vem o termo dupla no nome "tabela de dupla entrada".
Queres rever a construção de uma tabela de dupla entrada com frequências absolutas? Vê este vídeo.
Queres praticar a construção de tabelas de frequências absolutas? Tenta este exercício.
Queres praticar a interpretação de tabelas de frequências absolutas? Tenta este exercício

Tabelas de dupla entrada com frequências relativas

As tabelas de dupla entrada com frequências relativas mostram que percentagem dos pontos do conjunto de dados se encaixa em cada categoria. Podemos usar frequências relativas por linha ou frequências relativas por coluna, dependendo do contexto do problema.
Por exemplo, vê como construímos as frequências relativas por coluna:
Passo 1: Calcula os totais em cada coluna.
PreferênciaRapazRapariga
Prefere cães36362222
Prefere gatos882626
Não tem preferência2266
Total46465454
Passo 2: Divide o número que está em cada entrada pelo total da sua coluna e transforma o resultado numa percentagem.
PreferênciaRapazRapariga
Prefere cães364678%\dfrac{36}{46}\approx78\%225441%\dfrac{22}{54}\approx41\%
Prefere gatos84617%\dfrac{8}{46}\approx17\%265448%\dfrac{26}{54}\approx48\%
Não tem preferência2464%\dfrac{2}{46}\approx4\%65411%\dfrac{6}{54}\approx11\%
Total4646=100%\dfrac{46}{46}=100\%5454=100%\dfrac{54}{54}=100\%
Repara que, por vezes, as tuas percentagens não vão somar 100%100\%, mesmo que tenhas arredondado corretamente os resultados. Isto chama-se erro de arredondamento, e não nos vamos preocupar muito com ele.
As tabelas de dupla entrada com frequências relativas são úteis quando temos amostras com tamanhos diferentes num conjunto de dados. Neste caso, foram entrevistadas mais raparigas do que rapazes, por isso, a utilização de percentagens facilita a comparação das preferências dos rapazes com as das raparigas. A partir das frequências relativas, conseguimos perceber que a grande maioria dos rapazes prefere cães (78%)(78\%), contrastando com uma minoria de raparigas (41%)(41\%).
Queres rever a construção de uma tabela de dupla entrada com frequências relativas? Vê este vídeo.
Queres praticar a construção de tabelas de frequências relativas? Tenta este exercício.
Queres praticar a interpretação de tabelas de frequências relativas? Tenta este exercício
A carregar